Mesmo com horário ampliado, filas não diminuem nas agências da Caixa em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Caixa Econômica Federal (CEF) ampliou o horário de atendimento em toda a sua rede de agências. O início foi nesta segunda-feira (4). Com a medida, as unidades passaram a funcionar das 8h às 14h, duas horas mais cedo. Nas agências de Colatina e São Silvano, mesmo com o novo horário as filas não diminuíram. Na manhã desta segunda-feira a diferença percebida foi a divisão das filas. Uma se estendia até as proximidades de um supermercado na Avenida Beira Rio e outra foi organizada na Avenida Getúlio Vargas. Nos dias anteriores era somente uma fila.

“A gente continua na fila e parece que só aumenta” diz Maria do Nascimento que estava acompanhada de sua sobrinha que é especial. “Aqui na fila, você pode perguntar aí, é muita gente que somente quer informação, um é sobre internet outro é como fazer o cadastro”, finaliza Maria.

Já Márcio Padovam diz que pelo menos está mais organizado, “tem segurança ali na porta orientando a gente, mas tá longe de estar ágil o serviço”. O banco informou no sábado (2) que contratou mais 2.800 vigilantes (2.000 já estão atuando), e 389 recepcionistas.

Atenção para os três calendários de pagamento diferentes:

– um para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa;

– um segundo para os beneficiários que recebem o Bolsa Família;

– e um terceiro para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família.Para quem for receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começaram a ser liberados na segunda (veja o calendário de saques em dinheiro ao final desta reportagem).

Inscritos no aplicativo e site

A primeira parcela para esses beneficiários começou a ser paga em 14 de abril. Os pagamentos são feitos em até cinco dias úteis após o cadastro. Muitos beneficiários, no entanto, reclamam de atraso nos pagamentos e afirmam que esse prazo não vem sendo cumprido.

Para a segunda parcela, a Caixa chegou a anunciar a antecipação do pagamento, mas o Ministério da Cidadania informou que o governo não seria possível antecipar. Previstos inicialmente para começarem na segunda-feira (27), os pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial ainda não têm data definida.

A terceira e última parcela está programada para maio:

– 26 de maio para nascidos de janeiro a março

– 27 de maio para nascidos de abril a junho- 28 de maio para nascidos de julho a setembro

– 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro

Beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família vão receber nas mesmas datas e da mesma forma em que recebem esse benefício.

A primeira parcela do Auxílio Emergencial já foi paga àqueles cujo último dígito do NIS é igual a 1, 2, 3, 4 ou 5. Os demais seguem o calendário:

-Sexta-feira (24): 1.919.453 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 6

– Segunda-feira (27): 1.921.061 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 7

– Terça-feira (28): 1.917.991 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 8

– Quarta-feira (29): 1.920.953 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 9

– Quinta-feira (30): 1.918.047 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 0

Segunda parcela: últimos dez dias úteis de maio.

Terceira parcela: últimos dez dias úteis de junho

Mais Notícias

Deixe um comentário