Ex-funcionária da Prefeitura é a quarta morte por Covid-19 em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

A vítima é uma mulher de 43 anos, cuja característica principal era a alegria de viver. Ela era reconhecida na comunidade do bairro Bela Vista, onde vivia com sua família, como uma pessoa alegre, que adorava a vida, trabalhadora e cumpridora de suas atividades sempre com prazer.

Elizabete Rocha Prates, foi funcionária da Prefeitura de Colatina por vários anos. Dedicada a sua função na área de serviços gerais, logo construiu amizades. “O que representava ela era o sorriso” disse Graziela Onofre, amiga de trabalho.

Assim era Betinha, uma pessoa feliz que nunca estava chateada, mesmo diante de algum problema demonstrava paz e felicidade.

Elizabeth começou a passar mal no dia, 23 de maio. De uma hora para outra começou a não se sentir bem. Com a persistência da tosse procurou o Posto de Saúde do Bairro Bela Vista, e lá foi prescrito um medicamento, e ela  foi orientada a voltar pra casa. 

Mas os sintomas avançaram. Falta de paladar, de olfato e a tosse cada vez mais forte. No dia 25 de maio, Betinha foi levada ao Pronto Atendimento da Santa Casa de Misericórdia, onde foi examinada e imediatamente direcionada para o Pronto Socorro do Hospital Silvio Avidos. Chegando ao hospital os médicos perceberam os sintomas da Covid-19 e foi ela internada.

Após internação, Betinha manteve contato com os familiares via celular, mas com muita tosse, até que depois de três dias de internação, devido a falta de ar,teve que ser entubada para conseguir respirar. “Ontem (30) entrei em contato com o pessoal do Hospital e disseram que estava em tratamento e hoje (31) às 10 horas da manhã me ligaram falando que ela havia falecido”. relata Edimilson Vieira seu companheiro.

Betinha sofria de hipertensão arterial, uma das comorbidades que causa complicações para quem é contaminada com o coronavírus. Segundo seu companheiro, Elizabete sofreu uma parada cardíaca na manhã deste domingo (31), tentaram reanimá-la, mas sem sucesso.

Elizabete Rocha Prates, morre aos 43 anos, e deixa três filhos e netos e um grande número de amigos que sentirão  saudades de seu carinho, amizade e felicidade que tanto irradiava.

Mais Notícias

Deixe um comentário