Usina Hidrelétrica realiza testes de sirenes em Baixo Guandu

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Os moradores da cidade mineira de Aimorés e do município capixaba de Baixo Guandu devem ouvir entre os dias 20 e 26 de outubro os testes das sirenes instaladas nessas localidades. Trata-se de uma ação preventiva relacionada ao Plano de Ação de Emergência (PAE) da Usina Hidrelétrica de Aimorés, pertencente à Aliança Geração de Energia S.A., e que está localizada na Bacia do Rio Doce.

O teste no sistema de alerta irá acontecer em períodos diurnos (manhã ou tarde) e não há necessidade de mobilização e deslocamento da população para pontos de encontro ao ouvir a sirene. Os moradores escutarão ao longo dos dias as sirenes sendo testadas separadamente. E, no dia 26, serão testadas todas ao mesmo tempo. De acordo com Adilison Melo, coordenador da usina, é muito importante ressaltar que a população não precisará se deslocar para algum ponto de encontro para não causar aglomeração. “Os testes das sirenes são uma ação preventiva prevista no PAE e que devemos realizar regularmente”, ressalta Adilison.

Ainda de acordo com Adilison, as estruturas da Usina atendem plenamente aos fatores de segurança previstos na legislação e segue em situação normal de estabilidade, conforme Relatório da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A Usina está classificada como de baixo risco e em condição normal de segurança.

A cidade Aimorés conta com 14 sirenes e Baixo Guandu, 9. O teste será acompanhado por representantes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e da equipe da Aliança Energia.

Plano de Ação de Emergência (PAE)

O PAE é um documento que contém as diretrizes de como a Aliança Energia deve agir em uma situação de emergência. Os municípios localizados abaixo das barragens já possuem um sistema de alerta de prevenção contendo sirenes, placas de rota de fuga e pontos de encontro.

Simulado de evacuação

No ano passado, a Usina Hidrelétrica de Aimorés realizou simulados de evacuação com os moradores das cidades de Aimorés e Baixo Guandu. O objetivo foi testar o sistema de alerta local e treinar a população sobre como agir em caso de emergência.

ES-FALA/Informação Folha1 Baixo Guandu

Mais Notícias

Deixe um comentário