Morre aos 75 anos ex-prefeito de Santa Teresa Gilson Amaro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O ex-prefeito de Santa Teresa, Gilson Amaro, de 75 anos, morreu na noite desta terça-feira (13). Ele estava internado há 56 dias na UTI Covid do Hospital São José em Colatina. Durante os dois primeiros dias, Gilson, esteve internado no Hospital Madre Regina Prottman, em Santa Teresa.

Gilson Amaro foi internado com 50% dos pulmões comprometidos no hospital de Santa Teresa, ainda na madrugada do dia 15 de fevereiro. Com 75% dos pulmões comprometidos, Gilson foi transferido, dois dias depois, para a UTI do hospital São José.

Em março, Gilson, precisou passar por uma traqueostomia – procedimento em que é aberto um orifício artificial no pescoço para ajudar na respiração -. Segundo informações da filha de Gilson Amaro, o ex-prefeito não tinha mais em seu organismo a presença do vírus Sars-Cov-2 (coronavírus). Amaro apresentava uma bactéria que se instalava nos pulmões durante a infecção viral, e, por ser bastante resistente, a recuperação do ex-prefeito passou a ser mais complexa, o que resultou em sua morte.

Tradicional político e com grande prestígio por onde passava,  Gilson Amaro exerceu os cargos eletivos de vereador, deputado estadual e Prefeito de Santa Teresa por quatro mandatos. Gilson tentou se reeleger no pleito “eleições 2020”, mas não teve sucesso, ficando em segundo lugar com apenas 28,24%. Gilson Antônio Amaro de Sales passou por siglas como DEM, MDB, PRTB e, por último, PP. Ele também foi presidente da Amunes – Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo – e diretor da Ceasa.

ESFALA/Informação Regionalidades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular