Governo do Estado: mais de 100 mil doses de vacinas contra a Covid-19 chegam ao Estado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O mês de julho tem início com a chegada ao Estado de mais doses de vacinas contra a Covid-19 para dar continuidade à imunização da população capixaba. Neste sábado, o Espírito Santo recebe 107.210 doses, sendo 44.460 da Pfizer/BioNTec e 62.750 Covishield (Fiocruz/Oxford). 

As doses serão encaminhadas à Rede Estadual de Frio e serão distribuídas aos municípios da Região Metropolitana da Grande Vitória e às Regionais de Saúde Central, Norte e Sul, na próxima segunda-feira (05). 

Os municípios que tiverem abaixo dos 80% na taxa de utilização das doses receberão, ainda na segunda-feira (05), 50% das doses destinadas. Os demais 50% ficarão guardados na Rede Regional de Frio para entrega até o município atingir a meta definida. Vale ressaltar que é uma medida que visa a garantir a aplicação das vacinas recebidas em tempo hábil na população.

As vacinas serão destinadas à aplicação de primeiras doses no público geral por faixa etária com doses da Fiocruz e da Pfizer, e à distribuição de vacinas da Fiocruz para complementação dos esquemas vacinais em segunda dose de idosos de 60 a 64 anos, trabalhadores da saúde, Forças de Segurança e Salvamento e trabalhadores da educação.

Vacinação gestantes e puérperas

Há dois meses o Estado deu início à imunização das 47.966 gestantes e puérperas contra a Covid-19. Com mais de 30 mil doses já distribuídas para a aplicação da D1 a este público, a cobertura vacinal, nesta sexta-feira (02), aproxima-se dos 43%. 

As gestantes que receberam a vacina da AstraZeneca antes do período da suspensão por parte do Ministério da Saúde, terá seu esquema completado em duas doses 45 dias após o parto. Para os demais imunizastes como Coronavac e Pfizer, a segunda dose segue o intervalo recomendado por cada fabricante e pelo Ministério, como de 28 dias para segunda dose da Coronavac e 12 semanas (84 dias) para segunda dose da Pfizer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular