Falta de chuva e seca nos rios deixam Colatina e mais 4 cidades da região em alerta

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Colatina e mais quatro cidades da região estão classificadas em risco moderado de seca. No total são 28 municípios do Espírito Santo. A informação é um reflexo da crise hídrica enfrentada no Estado.

Os dados referentes ao mês de julho deste ano, são do informativo do Acompanhamento Mensal do Monitor de Secas do Espírito Santo, desenvolvido pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

Em nível nacional, os quatro Estados da região Sudeste registraram piora na condição de seca devido à persistência de chuvas abaixo da média.. No Espírito Santo, houve aumento da área com seca em várias regiões, com destaque ao norte do Estado.

O levantamento, aponta ainda que, no Estado, devido à piora nos indicadores e a persistência de anomalias negativas de precipitação, houve o aumento da área com seca fraca e o agravamento da seca no norte, passando de fraca para moderada. Apesar disso, o monitoramento aponta que os impactos desta seca no Estado permanecem de curto prazo.

A seca registrada no mês de julho deste ano nos municípios capixabas já  é a maior do que a registrada no mesmo período do ano passado, passando de 58,9% do território capixaba em seca fraca em 2020 para e 46,1% para seca moderada.


Exemplo de seca moderada

VEJA OS MUNICÍPIOS DA REGIÃO QUE ESTÃO EM RISCO MODERADO DE SECA

– Colatina

– Governador Lindenberg

– Marilândia

– Pancas

– São Domingos do Norte

Com exceção de Linhares que também está em risco moderado de seca, todas as outras cidades não citadas acima que fazem divisa com Colatina estão em nível baixo.

ESFALA: segunda foto ilustrativa/crédito G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular